Cerimónia de Lançamento livro “Referencial Ensino de Português Língua Estrangeira na China”

Cerimónia de Lançamento livro “Referencial Ensino de Português Língua Estrangeira na China”

Cerimónia de Lançamento livro “Referencial Ensino de Português Língua Estrangeira na China”

A Universidade de Macau e o Centro Científico e Cultural de Macau apresentam, no próximo dia 14 de janeiro, às 18h45h (hora de Macau) e às 10h45h (hora de Lisboa), a obra da autoria de Maria José Grosso (Universidade de Macau / Universidade de Lisboa), Jing Zhang (Universidade de Macau), Catarina Gaspar (Universidade de Lisboa) e Madalena Teixeira (Universidade de Aveiro). A sessão é aberta ao público em geral e irá iniciar-se às 10:45h (hora de Lisboa) com a intervenção do Ministro Manuel Heitor.

Tendo em conta a atual situação pandémica, o evento realizar-se-á em formato híbrido – presencial, em Macau (Universidade de Macau – Auditório da Biblioteca) e em Lisboa (Centro Científico e Cultural de Macau), e a distância (https://umac.zoom.us/j/92990362167).

O Referencial visa contribuir para um melhor conhecimento do público adulto falante de língua materna chinesa, aprendente de português língua estrangeira (PLE), inserido em cursos de língua portuguesa (Universidades, Institutos) a nível da Licenciatura, do Mestrado ou de cursos livres de português, como os do Instituto Português do Oriente (IPOR). Pretende-se facultar aos utilizadores deste documento o máximo de informações, não só aquelas que se encontram nos dados, mas também as que são resultantes de trabalhos de investigação. Este referencial pretende ser um produto em constante (co)construção, passível de atualização na medida em que é vivo e dinâmico.

Programa livro

 

Rui Martins distinguido com medalha de Mérito Educativo

Rui Martins distinguido com medalha de Mérito Educativo

Rui Martins distinguido com medalha de Mérito Educativo

Rui Martins, vice-reitor da Universidade de Macau, vai ser agraciado por Ho Iat Seng com a Medalha de Mérito Educativo, de acordo com a lista revelada ontem pelo Governo. As medalhas distinguem as personalidades que se destacam no âmbito das suas actividades profissionais, e, neste caso, reconhece uma carreira com 803 trabalhos científicos publicados e a participação na criação do Laboratório de Investigação em Circuitos Analógicos e Mistos da UM.

“É um bom reconhecimento do trabalho desenvolvido longo de 30 anos em Macau no ensino superior e no laboratório de referência, não só para mim, mas em especial para a Universidade de Macau”, afirmou Rui Martins, ao HM. “Não estava à espera da distinção, mas percebo a razão face ao trabalho realizado. Dá-nos mais alento para continuar a trabalhar, não só a mim, mas também para a equipa altamente competente do laboratório que foi treinada ao longo de muitos anos”, acrescentou.

Rui Martins destacou ainda a importância num ano em que a UM celebra o 40.º aniversário. “Se a lista é mais reduzida do que em anos anteriores, acho que isso atribui mais importância à distinção para a universidade”, justificou.

Esta é a segunda vez que o académico é distinguido pelo Governo da RAEM. A primeira tinha sido com o Título Honorífico de Valor, em 2001, pelo Chefe do Executivo à época, Edmundo Ho.

As distinções mais importantes vão ser atribuídas ao Hospital Kiang Wu, pelos “serviços altruístas prestados à população”, e a Chui Sai Cheong, vice-presidente da Assembleia Legislativa, pelos esforços de promoção da Lei Básica e do princípio Um País, Dois Sistemas.

Menos distinções

A lista revelada ontem apresenta 22 individualidades e entidades, ou seja, menos 11 do que no ano passado. Além de menos distinguidos, Ho Iat Seng optou por não distinguir ninguém com a Medalha do Grande Lótus, que no ano passado foram atribuídas a Chui Sai On, ex-chefe do Executivo, e Zhong Nanshan, epidemiologista do Interior. Também a Medalha de Lótus de Prata não foi atribuída.

Na lista de distinguidos, constam com a Medalha de Mérito Profissional os Laboratórios de Referência do Estado para Investigação de Qualidade em Medicina Chinesa da Universidade de Macau e da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau.

U Seng Pan e Wu Tat Chong recebem a Medalha de Mérito Industrial e Comercial, a Pastelaria Cinco de Outubro é agraciada com a Medalha de Mérito Turístico. Ho Iat Seng vai ainda entregar a Medalha de Mérito Cultural a Chui Weng Chui e Au Chong Hin, e a Medalha de Mérito Altruístico aos Serviços de Urgência do Centro Hospitalar Conde de São Januário.

Na categoria de Medalha de Valor, os contemplados são as polícias, ou seja, os Serviços de Polícia Unitários, o Corpo de Polícia de Segurança Pública e a Polícia Judiciária. As medalhas de Dedicação e Serviços Comunitários vão para a Divisão Laboratorial do Instituto para os Assuntos Municipais, Associação de Ajuda Mútua dos Chineses Ultramarinos da Birmânia em Macau e Cheong Lai Chan. Finalmente, Chen Yu Chia e Chen Pui Lam recebem o Título Honorífico de Valor.

Hoje Macau

Macao Daily

TDM

Universidade de Macau recebe manuscritos do Professor Rui Martins

Universidade de Macau recebe manuscritos do Professor Rui Martins

Universidade de Macau recebe manuscritos do Professor Rui Martins

O Prof. Rui Martins, Vice-Reitor (Assuntos Globais) da Universidade de Macau, doou os seus manuscritos e arquivos pessoais à Universidade de Macau. A cerimónia de doação foi realizada na Galeria da UM a 23 de novembro de 2021. O Dr. Lam Kam Seng Peter (Presidente do Conselho Universitário da UM), a Dra. Anabela Ritchie (Membro do Conselho Universitário da UM), o Prof. Yonghua Song (Reitor da UM), a Prof. Rose Lai (Reitora do Honors College da UM), o Dr. Wu Jianzhong (Bibliotecário Universitário da UM), o Dr. Rufino Ramos (Representante do Instituto Internacional de Macau) e muitos professores da UM assistiram à cerimónia de doação.

O reitor Song aceitou os manuscritos e arquivos em nome da Universidade. O Prof. Martins, Vice-Reitor, apresentou aos convidados o seu novo livro “Selecções do Arquivo – Recortes de Notícias e Outras Notas”, que foi editado e publicado pela Biblioteca da Universidade de Macau. O Prof. Martins apresentou o conteúdo dos manuscritos aos convidados, partilhou as suas maravilhosas histórias, memórias e também o desenvolvimento da UM de 1992 a 2021.

 

Consulte aqui o repositório entregue: Arquivos Rui Martins

Aprovado o Consórcio ProCultura+ pela Agência Nacional Erasmus+

Aprovado o Consórcio ProCultura+ pela Agência Nacional Erasmus+

A Agência Nacional Erasmus+ aprovou em 27 de setembro de 2021 a candidatura apresentada pela Associação das Universidades de Língua Portuguesa conjuntamente com 11 das melhores Instituições de Ensino Superior de Portugal ministrando cursos no âmbito da cultura – Instituto Politécnico de Bragança, Instituto Politécnico de Leiria, Instituto Politécnico de Lisboa, Universidade do Algarve, Universidade de Aveiro, Universidade da Beira Interior, Universidade Católica Portuguesa, Universidade de Coimbra, Universidade da Madeira, Universidade Nova de Lisboa e Universidade de Porto, –para a obtenção de uma Acreditação de Consórcio nacional de Ensino Superior de mobilidade ao abrigo do Programa Erasmus+.

O Consórcio ProCultura+ nasce no seguimento da Ação PROCULTURA PALOP-TL – Promoção do Emprego nas  Atividades Geradoras de Rendimento no Setor Cultural nos PALOP e Timor-Leste, financiada pela União Europeia, cofinanciada e gerida pelo Camões, IP (Acordo de Delegação FED/2019/405-279) e em base ao Programa Indicativo Multianual UE/ PALOP-TL 2014-2020 que elege como prioridade a criação de emprego (“Domínio Prioritário 1”), com objetivos específicos de reforço da mobilidade e inclusão através das atividades geradoras de rendimento no setor cultural.

O objetivo principal do Consórcio ProCultura+ é contribuir para a formação das capacidades artísticas e de pensamento crítico dos estudantes dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) – Angola, Cabo Verde, Guiné- Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe – e Timor-Leste de primeiro ciclo nas áreas disciplinares da dança, música, teatro, cinema, gestão do património cultural e literatura portuguesa com a finalidade de melhorar a futura empregabilidade destes jovens em atividades geradoras de rendimento no sector cultural nos PALOP e Timor-Leste.

Adicionalmente, o Consórcio ProCultura+ tem como objetivo melhorar as competências profissionais dos docentes das instituições membros do Consórcio ProCultura+ e das instituições parceiras dos PALOP e Timor- Leste através da implementação de mobilidades de docentes combinadas que favoreçam a troca de conhecimentos, a experiência em novos ambientes de ensino e a aquisição de novas competências pedagógicas e digitais

Pretende-se assim que as instituições de ensino superior nos PALOP, Timor-Leste e Portugal cooperem a curto e longo prazo em prol do desenvolvimento coletivo do ensino superior no âmbito da cultura ao abrigo do Programa Erasmus+.

Aliança Bibliotecária Académica entre a RAEM (China) e os Países de Língua Portuguesa

Aliança Bibliotecária Académica entre a RAEM (China) e os Países de Língua Portuguesa

Aliança Bibliotecária Académica entre a RAEM (China) e os Países de Língua Portuguesa

Por iniciativa da Universidade de Macau e no ano em que comemora o seu 40.º aniversário, foi criada a “Aliança Bibliotecária Académica entre a Região Administrativa Especial de Macau (China) e os Países de Língua Portuguesa” (ABAMAPLP).

Integram esta Aliança a Associação de Universidades de Língua Portuguesa, o Centro Científico e Cultural de Macau, a Universidade Agostinho Neto, a Universidade Mandume Ya Ndemufayo, a Universidade Estadual de Campinas, a Universidade Federal de Minas Gerais, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul, a Universidade Federal do Rio de Janeiro, a Universidade de São Paulo, a Universidade de Cabo Verde, a Universidade Eduardo Mondlane, a Universidade Pedagógica de Maputo, a Universidade de Macau, a Universidade de São José, a Universidade Católica Portuguesa, a Universidade do Porto, a Universidade de Coimbra, a Universidade do Minho, a Universidade de Lisboa, e a Universidade Nacional Timor Lorosa’e.

A aliança servirá de plataforma para o intercâmbio académico entre a China e os PLP, por intermédio de Macau, e promoverá a partilha de recursos pedagógicos em língua portuguesa e a formação de quadros profissionais bilingues chinês-português.

A ABAMAPLP prevê o estabelecimento de um catálogo e de um mecanismo de intercâmbio de livros e documentação, de forma que, seja possível elevar o nível académico e a qualidade dos serviços das bibliotecas-membros, melhorando as competências profissionais do pessoal que exerce funções nas bibliotecas. A parceria visa ainda a promoção de eventos, entre os quais ações de formação e intercâmbio entre os profissionais que exercem funções nas bibliotecas, assim como o fomento de atividades de intercâmbio entre as bibliotecas-membros.

O acordo foi formalmente assinado, via plataforma Zoom, no dia 16 de setembro de 2021, durante o XXX Encontro da Associação das Universidades de Língua Portuguesa, que decorreu nos dias 16 e 17 de setembro.

Conselho de Administração da AULP – setembro de 2021

Conselho de Administração da AULP – setembro de 2021

Conselho de Administração da AULP – setembro de 2021

No passado dia 16 de setembro de 2021, realizou-se a reunião do Conselho de Administração da AULP através da plataforma digital Zoom, tendo sido dirigida pelo atual Presidente da associação, Professor Doutor Orlando da Mata, Reitor da Universidade Mandume Ya Ndemufayo, Angola.

Em representação das instituições de ensino superior membros da AULP marcaram igualmente presença os Vice-presidentes do Conselho de Administração da AULP, em representação da Professora Doutora Judite Nascimento, Reitora da Universidade de Cabo Verde (Cabo Verde), o Professor João Cardoso, em representação do Professor Amílcar Falcão, Reitor da Universidade de Coimbra (Portugal), o Professor Doutor João Nuno Cruz Matos Calvão da Silva, em representação da Professora Sandra Almeida, Reitora da Universidade Federal de Minas Gerais (Brasil), o Professor Aziz Saliba e a Professora Leda Hugo, Reitora da Universidade Lúrio (Moçambique); bem como os vogais, em representação do Professor Yonghua Song, Reitor da Universidade de Macau, o Professor Doutor Rui Martins, Vice-Reitor da Universidade de Macau (Macau), Professor Doutor Narciso Matos, Reitor da Universidade Politécnica de Moçambique (Moçambique), Professor Doutor Orlando Rodrigues, Presidente do Instituto Politécnico de Bragança (Portugal), Professor Doutor Albano Ferreira, Reitor da Universidade Katyavala Bwila (Angola). O Presidente do Conselho Fiscal, Professor Doutor Elmano Margato, Presidente do Instituto Politécnico de Lisboa (Portugal). A Professora Doutora Maria Madalena Almeida, Administradora do Instituto Superior de Ciências Económicas e Empresariais (Cabo Verde), e o Professor Orlando Quilambo, Reitor da Universidade Eduardo Mondlane (Moçambique) marcaram presença enquanto vogais do Conselho Fiscal, bem como a Secretária-Geral da AULP, Professora Doutora Cristina Montalvão Sarmento.

Cumpriu-se, a ordem de trabalhos prevista para a reunião do Conselho de Administração da AULP, salientando-se a apresentação do relatório de atividades, as edições da AULP em curso, o Prémio Fernão Mendes Pinto, apresentação de dados estatísticos e balanço geral do Programa Mobilidade AULP, bolsas de viagem OEI-AULP e bolsas PROCULTURA, bem como outras atividades correntes da associação. Apesar dos vários constrangimentos provocados pela pandemia, os membros do Conselho de Administração da AULP consideraram que a AULP fez um enorme esforço em prosseguir com as atividades da associação durante o atual estado de pandemia.