Novo parceiro: Academic Impact das Nações Unidas (UNAI)

Novo parceiro: Academic Impact das Nações Unidas (UNAI)

A Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP) associa-se ao Academic Impact das Nações Unidas (UNAI) uma iniciativa agregadora das instituições de ensino superior aos princípios e objetivos da Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável (ODS).

O objetivo primordial desta iniciativa apoia-se na ligação entre as instituições membros e a ONU, de forma a garantir que a comunidade internacional usufrui da determinação e inovação dos jovens e da comunidade de investigação e pesquisa ao serviço da comunidade.

O Academic Impact tem contribuído para a construção de uma rede de impacto académico – entre estudantes, académicos, cientistas, think thanks, instituições de ensino superior, associações internacionais universitárias e outros de reconhecido valor científico e académico

É com uma enorme satisfação que anunciamos que a AULP integra a rede de Impacto Académico das Nações Unidas (UNAI).

*Member of United Nations Academic Impact. The United Nations Academic Impact (academicimpact.un.org) aligns institutions of higher education with the United Nations in furthering the realization of the purposes and mandate of the organization through activities and research in a shared culture of intellectual social responsibility.

Novo parceiro: International Association of Universities (IAU)

Novo parceiro: International Association of Universities (IAU)

A AULP – Associação das Universidades de Língua Portuguesa e a IAU – International Association of Universities tornaram-se reciprocamente membros associados, reforçando mais uma parceria internacional e de reforço da cooperação bilateral.

A IAU promove a reflexão e a criação de linhas prioritárias e estratégicas para educação no ensino superior.

A AULP tem agora acesso à World Higher Education Database, HEDBIB (uma base de dados sobre administração, planeamento orientações e avaliação dos sistemas de ensino superior), Higher Education Policy, (revista quadrimestral), newsletter da IAU (informação sobre os desenvolvimentos das políticas para o ensino superior).

A integração nesta rede representa, uma vez mais, uma oportunidade de promoção e partilha alargada de ideias, práticas e contactos entre especialistas, académicos, investigadores e representantes políticos da educação e ensino superior.

Presidente da AULP no estreitamento de ligações entre a China e os PALOP

Presidente da AULP no estreitamento de ligações entre a China e os PALOP

O Professor Doutor Orlando Manuel José Fernandes da Mata, Presidente da Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP), esteve presente na reunião inaugural do Conselho Executivo, na qualidade de conselheiro, e na cerimónia solene de inauguração da Academia Sino-lusófona da Universidade de Coimbra, que decorreu entre os dias 9 e 12 de junho, em Coimbra.

No ano de 2019 comemora-se o 40º aniversário do estabelecimento das relações diplomáticas bilaterais, o 20º aniversário da transferência da soberania de Macau para a China, e celebra-se também o Ano da China em Portugal e o Ano de Portugal na China.

A Academia Sino-Lusófona foi criada em outubro de 2018 e tem como missão desenvolver o conhecimento relevante para as relações entre a China, Portugal e os Países de Língua Portuguesa – especialmente na área jurídica, mas numa perspetiva interdisciplinar – e transferir esse conhecimento para as várias entidades interessadas no desenvolvimento e consolidação dessas relações. Rui Figueiredo Marcos, Diretor da Academia Sino-Lusófona, é igualmente Presidente do Conselho Executivo.

Assim, a Universidade de Coimbra pretende ser um elo de ligação entre a China e a lusofonia, tendo o objetivo de lançar brevemente pós-graduações e projetos de investigação.

Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP

Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP

No passado dia 7 de maio, a Secretária-Geral da Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP), Professora Doutora Cristina Montalvão Sarmento, esteve presente nas comemorações oficiais do “Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP”, inserido no III Encontro sobre Mobilidade Académica na CPLP – Das Aspirações às Concretizações, para apresentar o Programa de Mobilidade AULP, referir os objetivos, bem como discutir outras questões relevantes.

A criação do Programa Mobilidade AULP foi proposto no seguimento da reunião realizada no XXVII Encontro da AULP em Campinas, Brasil em julho 2017. Posteriormente aprovado em conselho de administração a 28 de fevereiro de 2018, este programa pioneiro de mobilidade foi lançado este ano e é exclusivo aos estudantes das instituições de ensino superior dos países de língua oficial portuguesa e Macau (RAEM, China). As candidaturas ao Programa estarão disponíveis a partir do dia 31 de maio.

A sessão de abertura contou com a presença do Embaixador Francisco Ribeiro Telles, Secretário Executivo da CPLP, do Embaixador Eurico Monteiro, representante permanente de Cabo-Verde junto à CPLP, e do Professor Doutor Mário Avelar, Coordenador da Comissão Temática da Educação, Ensino Superior, Ciência e Tecnologia, da Sociedade de Geografia. Nesta sessão destacou-se o apelo feito para a apresentação de sugestões concretas para o desenvolvimento do ensino superior, como a fortificação das relações multilaterais através de programas de mobilidade.

Nesse âmbito, coube à Secretária-Geral da AULP a realização da conferência de abertura, numa oportunidade dupla de apresentação e lançamento do Programa Mobilidade AULP. Ao longo da sua apresentação, a Secretária-Geral referiu algumas questões importantes.

Os vistos têm-se revelado uma preocupação constante quando se fala em mobilidade de estudantes, pelo que a AULP está a estudar a possibilidade de uma parceria com a CPLP com o objetivo de encontrar apoio na concretização deste processo. A Secretária-Geral afirmou que o alojamento e as refeições seriam garantidos pelas instituições de ensino superior de acolhimento, salvo algumas exceções que por falta de condições económicas, ausência de cantinas ou residências universitárias, não poderão garantir essa ajuda ao estudante. Já a isenção de propinas na instituição de acolhimento é uma garantia dada a todos os estudantes, independentemente do destino escolhido.

Vários oradores marcaram presença neste Encontro, nomeadamente no painel dedicado à Mobilidade Académica na CPLP – Das Aspirações às Concretizações, reunindo representantes dos vários programas de bolsas e mobilidade académica no espaço da CPLP. Sob moderação do Professor Doutor Mário Avelar, Vice-Presidente da Sociedade de Geografia de Lisboa participaram neste painel:

A Professora Doutora Ana Paula Laborinho, Diretora da OEI, que apresentou o Programa Paulo Freire de Mobilidade Académica. Já o Professor Doutor Mário Moutinho, Magnífico Reitor da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, deu a conhecer o programa de Bolsas Académicas Grupo Lusófona CPLP. Ambos os Programas de Mobilidade Académica oferecem benefícios educacionais para os alunos com nacionalidade dos países da CPLP. Assim, o Programa Paulo Freire constitui uma ação de mobilidade e é direcionado para alunos de graduação e pós-graduação em escolas, faculdades, centros e programas de formação de professores. Já o Programa de Bolsas Académicas do Grupo Lusófona CPLP visa a formação de quadros superiores, de forma a contribuir para o desenvolvimento da Língua Portuguesa nos países da CPLP.

Também o Professor Doutor Jorge Conde, Presidente da RACS – Rede Académica das Ciências da Saúde da Lusofonia, esteve presente para falar sobre o Programa MOTUS – Programa de Mobilidade Académica da RACS (Rede Académica das Ciências da Saúde). O Professor Doutor Fernando Jesus Regateiro, Professor Catedrático da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra e Coordenador-Geral do Curso de Medicina da Universidade de Cabo-Verde, aproveitou a ocasião para apresentar as bolsas de estudo existentes em Medicina para Estudantes da CPLP.Tanto o Programa MOTUS, como as bolsas em Medicina para estudantes da CPLP fazem parte da área das ciências da saúde. O MOTUS promove a Mobilidade entre Instituições, sejam estudantes, recém-graduados, docentes, investigadores e funcionários não docentes/não investigadores com o objetivo de incentivar o conhecimento e a investigação nos países da CPLP. Já as bolsas em Medicina da CPLP constituem uma oportunidade para os estudantes da comunidade, porém Cabo-Verde têm tido uma grande aderência por parte dos estudantes.

Também foram apresentadas bolsas na área da Defesa e em Estudos Políticos para Estudantes da CPLP, através da intervenção do Professor Francisco Proença Garcia, Coordenador dos Programas Avançados do Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica Portuguesa/Academia Militar Portuguesa, que deu a conhecer este programa.

Desta forma, compreende-se que todos os programas apresentados por estas entidades têm como finalidade melhorar e ampliar as culturas e as relações multilaterais, tendo por base a língua e a história como fator comum. O Programa Mobilidade AULP destaca-se, desde modo, do panorama apresentado – assente no princípio da multilateralidade institucional, é um programa pioneiro ao promover o intercâmbio de estudantes dentro do espaço das universidades de língua portuguesa na esfera da AULP. Tal como referido anteriormente, vários desafios futuros ser-nos-ão colocados, na mesma exata medida da ambição e pioneirismo que caracteriza o Programa Mobilidade AULP e as instituições de ensino superior que a este se juntaram.

O Professor Doutor Mário Avelar encerrou o evento agradecendo a contribuição dos vários convidados que apresentaram programas de mobilidade já existentes, ou em desenvolvimento, que certamente contribuirão para enriquecer o ensino superior no espaço lusófono, em que a língua portuguesa ganha destaque por ser o fator principal das relações entre culturas.

Projeto Rutter com duas bolsas de doutoramento

Projeto Rutter com duas bolsas de doutoramento

A Associação para Investigação e Desenvolvimento de Ciências divulgou concurso para atribuição de 2 bolsas de Doutoramento no âmbito do projeto RUTTER “Making the Earth Global: Early Modern Nautical Rutters and the Construction of a Global Concept of the Earth”.

No âmbito do projeto do Conselho Europeu de Investigação “RUTTER – Tornar a Terra Global: Antecedentes Náuticos Modernos e a Construção de um Conceito Global da Terra”, sob a supervisão científica do Professor Henrique Leitão, as atividades de investigação procurarão contribuir para o desenvolvimento do tema “História e Filosofia das Ciências” na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL).

Tendo início em setembro de 2019 e com a duração máxima de 4 anos.

As duas bolsas a atribuir terão início em setembro de 2019, com a duração máxima de 4 anos. O valor da remuneração mensal da bolsa é de 1 200€ podendo atingir o valor máximo de a 1 700 €, de acordo com a experiência e o grau académico do/a candidato/a.As bolsas incluem também os custos com as propinas anuais através da atribuição de uma bolsa de estudos de apoio ao doutoramento.As Candidaturas decorrem entre o dia 22 de maio até 22 de junho.

Aos futuros candidatos é solicitado a apresentação dos seguintes documentos:

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Motivação a explicar o interesse do projeto RUTTER e o grau académico (licenciatura ou mestrado).

As candidaturas poderão ser enviadas para o seguinte email: rutter@ciuhct.org,

Mais informações disponíveis através do link: http://ciuhct.org/noticias/2-bolsas-phd-projecto-rutter

Universidade Nacional Timor Lorosa’e oferece vaga para Assessor Internacional

Universidade Nacional Timor Lorosa’e oferece vaga para Assessor Internacional

A Universidade Nacional Timor Lorosa’e oferece uma vaga para a seleção de um Assessor Internacional para apoiar a Pró-Reitoria dos Assuntos de Garantia de Qualidade Interna.

Das condições apresentadas destaca-se o regime exclusivo de 6 meses para o período compreendido entre o dia 1 de julho e 31 de dezembro de 2019, com possibilidade de renovação.

A seleção será realizada em 4 (quatro) etapas:

1º Etapa – Divulgação do edital e submissão das candidaturas até 7 de junho;

2º Etapa – Seleção de um grupo restrito de candidatos por avaliação curricular das candidaturas recebidas até 11 de junho;

3º Etapa – Realização de entrevista profissional por videoconferência até 14 de junho;

4º Etapa – Seleção do candidato e comunicação do resultado final aos candidatos pré-selecionados até 17 de junho.

Aos futuros candidatos é solicitado a apresentação dos seguintes documentos:

  • Carta de apresentação e motivação;
  • Curriculum vitae;
  • Diplomas dos graus académicos;
  • Duas cartas de recomendação;
  • Cópia digitalizada de outros documentos que o candidato entenda como pertinentes na sua avaliação curricular;
  • Declaração assinada, sob compromisso de honra, em que conste a garantia (1) de registo criminal limpo, (2) de aptidão, física e psicológica, para trabalhar num clima semitropical, e (3) de que todas as informações prestadas são verdadeiras.

Poderá enviar a candidatura para o seguinte email: recrutamento@untl.edu.tl