Saltar para o conteúdo...

Formulário de procura

Close Search
Close Search

Presidente da AULP debate estratégias de cooperação com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal

Presidente da AULP debate estratégias de cooperação com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal
Fonte: 
Gabinete de Comunicação da AULP, Portugal, 2017-11-22

O Professor Doutor Orlando da Mata, Presidente da Associação das Universidades de Língua Portuguesa - AULP e Reitor da Universidade Mandume Ya Ndemufayo, reuniu no passado dia 21 de novembro com a Professora Doutora Maria Fernanda Rollo, Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal, para definir estratégias de cooperação na criação de uma Ciência Aberta e implementação de um programa de intercâmbio entre instituições de ensino superior dos países de língua oficial portuguesa.

Aproveitando a reunião para falar nos desafios que enfrenta enquanto novo Presidente da AULP para o triénio 2017-2020, o Professor Doutor Orlando da Mata destacou o fortalecimento das relações de colaboração entre a comunidade lusófona e as suas instituições superiores, a partilha de experiências, de conhecimentos, de resultados de produção científica relevantes, alargar o número de associados da AULP (que neste momento são quase 140) e continuar a apostar fortemente naquilo que é a mobilidade internacional, fundamental para o crescimento das universidades. Realçando as instituições de ensino superior angolanas em particular, referiu que Angola tinha em 2009 apenas uma universidade pública e três privadas, quando atualmente usufrui de mais de 70 universidade públicas e privadas.

Tendo participado no XXVII Encontro da AULP, que decorreu entre 10 e 12 de julho de 2017 em Campinas (Brasil), ocasião em que o Professor Doutor Orlando da Mata foi eleito Presidente da AULP, a Professora Doutora Maria Fernanda Rollo tem vindo a expressar vontade de tornar o conhecimento mais "disponível, acessível, interconectado, capaz de corresponder de forma ampla e universal às ambições das pessoas e aos desafios do mundo em que vivemos". Naquilo que intitula de Ciência Aberta, isto é, um meio que democratize o acesso ao conhecimento e promova a sua partilha e utilização, a Secretária de Estado pretende envolver neste processo não só a comunidade científica mas também o sector empresarial e a sociedade.

A AULP ocupa uma posição estratégica, com mais de 30 anos a fomentar a cooperação entre instituições de ensino superior e investigação nos países de língua oficial portuguesa, e pretende contribuir para superar os desafios atuais. Assim, entre os vários projetos associativos em curso, sublinha-se a implementação de um programa de intercâmbio exclusivo para o ensino superior em língua portuguesa, ou seja, um Erasmus-AULP. O primeiro passo para implementar este programa será estruturar uma plataforma e definir os moldes em que será concretizado.

Neste encontro, o Professor Doutor Orlando da Mata convidou a Professora Doutora Maria Fernanda Rollo a participar no XXVIII Encontro da AULP, no Lubango (Angola) em julho de 2018, cujo interesse foi manifestado pela Secretária de Estado com o intuito de estreitar relações com a comunidade académica lusófona e fortalecer os projetos em curso.