Saltar para o conteúdo...

Formulário de procura

Close Search
Close Search

Concurso de ideias premeia Teses de Mestrado e de Doutoramento

País: 
Portugal
Data limite de inscrição/candidatura: 
2017-07-30

A 8ª edição do concurso de ideias Fraunhofer Portugal Challenge já está a decorrer. A iniciativa é promovida pelo centro de investigação Fraunhofer Portugal AICOS, da Associação Fraunhofer Portugal. O desafio é dirigido a estudantes e investigadores de universidades portuguesas, que podem apresentar as ideias desenvolvidas nas Teses de Mestrado e de Doutoramento. As candidaturas decorrem até 30 de julho.

Smartphones, saúde, agricultura, países em desenvolvimento, wearables, croud sourcing, sistemas de posicionamento local, sensores de mobilidade, monitorização de atividade, desporto, segurança, seniores, big data e logística são os temas preferenciais da iniciativa. O concurso premeia a investigação de utilidade prática nas áreas das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), Multimédia ou outras Ciências conexas. As ideias submetidas devem refletir o potencial impacto nas áreas científicas atualmente em desenvolvimento pelo centro de investigação, como é o caso da interação homem-máquina, do processamento de informação e da computação autónoma.

Os candidatos devem preencher o formulário de registo e carregar a apresentação da ideia no site do concurso, tal como é descrito no regulamento. As ideias submetidas devem basear-se numa tese concluída no ano letivo 2015/2016 ou que ainda seja defendida no ano letivo 2016/2017.

O vencedor do concurso será enunciado no Evento de Encerramento do Fraunhofer Portugal Challenge, no dia 25 de outubro. A sessão inclui a apresentação pública dos melhores projetos selecionados na segunda fase do concurso. As seis melhores ideias vão receber prémios científicos no total de 9.000€, que vão ser divididos em duas categorias (Mestrado e Doutoramento) com 3 lugares cada (1º, 2º e 3º Prémio).

Sobre a Fraunhofer Portugal

A Fraunhofer Portugal tem como missão promover a investigação aplicada com o intuito de fomentar o desenvolvimento económico e, simultaneamente dar resposta a um conjunto de necessidades da população. É uma associação sem fins lucrativos, reconhecida pelo Estado Português como Pessoa Coletiva de Utilidade Pública. Com sede no Porto, foi criada em 2008 pela Fraunhofer-Gesellschaft, a maior organização de investigação aplicada da Europa, e pela Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã.

Também criado em 2008, o Fraunhofer Portugal AICOS (Research Center for Assistive Information and Communication Solutions) é o primeiro centro de investigação da Fraunhofer em Portugal e resulta de uma parceria estratégica entre a Fraunhofer-Gesellschaft e a Universidade do Porto. O Fraunhofer Portugal AICOS atua em duas grandes áreas: “Ambient Assisted Living” (AAL) e Tecnologias de Informação e Comunicação para o Desenvolvimento (ICT4D). A investigação desenvolvida no Fraunhofer Portugal AICOS é direcionada para dois grupos de utilizadores prioritários: os idosos e as populações de países em desenvolvimento, e tem como intuito criar soluções tecnológicas inovadoras e intuitivas e facilitar o acesso às Tecnologias de Informação e Comunicação.

O Fraunhofer Portugal AICOS tem competências científicas em três áreas primordiais: Interação Pessoa-Computador, Processamento de Informação e Computação Autónoma. A importância atribuída a estas temáticas levou o Fraunhofer Portugal AICOS a criar, em 2013, dois Centros de Competências: o Fall Competence Center (FCC) e o Information and Communication Technologies for Development Competence Center (ICT4DCC) nos quais têm vindo a ser desenvolvidas tecnologias que são utilizadas por entidades nacionais e estrangeiras.