Saltar para o conteúdo...

Formulário de procura

Close Search
Close Search

UMN assina acordo de cooperação com a Universidade do Minho

UMN assina acordo de cooperação com a Universidade do Minho
Fonte: 
ANGOP, Angola, 2017-04-25

Um acordo de reforço de cooperação bilateral na área científica foi assinado segunda-feira, no Lubango, pela Universidade Mandume Ya Ndemufayo (UMN) e a congénere do Minho, da cidade de Braga em Portugal.

O acordo foi assinado à margem de uma palestra subordinada ao tema, “Ciência e a tecnologia- Os desafios do futuro”, ministrada pelo reitor da Universidade do Minho, António da Cunha.

O reitor da UMN, Orlando da Mata, disse que o protocolo vai fortalecer a relação académica cientifica existente entre as duas instituições de ensino.

Orlando da Mata, afirmou que a cooperação visa essencialmente a existência de projectos conjuntos que estejam envolvidos investigadores de ambas instituições, que possa existir uma mobilidade entre os docentes da sua universidade e da Minho.

“Que os nossos estudantes possam realizar cursos, programas de mestrado, de doutoramento, também programas de curta duração na Universidade do Minho e vice-versa, para além de que a UMN necessita de potenciar sua área científica, pois é através da investigação científica que se produz o conhecimento e é através do estabelecimento de parcerias entre universidades mais desenvolvidas”, realçou.

Fez saber que é a partir da cooperação que as instituições de ensino superior se solidificam, pois a academia é o centro do saber, o local onde se produz o conhecimento e os protocolos de cooperação vêm fortificar o papel da universidade.

“Os nossos actores principais (os decanos e vice-decanos) para a área científica e o nosso prolector para a cooperação irão nos próximos tempos identificar acções concretas para que possamos dar corpo ao protocolo”, salientou.

Por sua vez o reitor da Universidade do Minho, António da Cunha, aconselhou os decanos, vice-decanos, investigadores e docentes a tirarem o maior proveito do instrumento assinado entre as duas universidades.

“O mundo do conhecimento é um mundo em que o saber faz-se necessariamente em rede e cooperação internacional, quer o conhecimento que difundimos no ensino quer o conhecimento que criamos na investigação”, declarou.

A palestra teve o objectivo de elucidar as entidades presentes (decanos, vice-decanos, investigadores, docentes e estudantes) sobre os benefícios, perigos e mecanismos científicos/ tecnológicos e os desafios futuros a serem enfrentados pela sociedade.

A Universidade do Minho tem cerca de 43 anos de ensino, faz parte do leque de Instituições de Ensino Superior com as quais a UMN mantém relações de cooperação.

Fundada em Braga (Portugal)  em 1973 integrou-se no chamado grupo das "Novas Universidades" que vieram alterar o panorama do ensino superior naquele país.