Saltar para o conteúdo...

Formulário de procura

Close Search
Close Search

A Universidade de Macau discute a construção dum sistema de formação de professores de português

Fonte: 
Universidade de Macau, Macau, 2016-12-12

Realizou-se hoje (dia 9) na Universidade de Macau o seminário dedicado ao tema de Formação de Professores de Português como Língua Estrangeira, em que participaram especialistas e académicos oriundos de Portugal, Beijing e Macau. Os mesmos discutiram questões na área da otimização de métodos de ensino de português como língua estrangeira ou segunda língua, explorando a construção dum sistema científico e profissional de formação de professores de português, de modo a responder à procura de quadros qualificados bilingues e aos desafios que Macau enfrenta no século XXI. Está também a ser realizado um Referencial de Português como Língua Estrangeira para Falantes de Língua Materna Chinesa que definirá recomendações específicas para a elaboração de atividades, tarefas e materiais didáticos de ensino de português como língua estrangeira adequados a este tipo de aprendentes. 

O Dr. Rafael Gama, em representação do Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, disse no seu discurso que o número de alunos matriculados em cursos superiores lecionados em língua portuguesa cresceu 183%, sendo a Universidade de Macau a instituição que tem um maior número de matrículas. Como a ponte entre a China e os Países de Língua Portuguesa, é muito importante Macau possuir profissionais com um bom domínio de português. A Diretora da Faculdade de Letras da Universidade de Macau, Professora Jin Honggang, falou que o seminário visava abordar questões relacionadas com a formação de professores de português; para ela, era necessário trabalhar em três áreas do ensino de língua: elaboração de materiais didáticos, qualidade de corpo docente e métodos de ensino. Apontou ainda fatores relevantes no processo da formação de professores, tais como a construção dum processo de ensino e dum ambiente de ensino seguro e alegre, com um sistema de avaliação confiável e científico.      

No seminário, a Professor Jin Honggang, e o Professor Ye Zhiliang (Universidade de Estudos Estrangeiros de Beijing), a Professora Maria José dos Reis Grosso (Universidade de Macau), o Professor Paulo Farmhouse Alberto e o Professor Jorge Pinto (Universidade de Lisboa) e o Professor Sun Jianrong (Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau) apresentaram comunicações cujos títulos foram “10 Princípios Pedagógicos de Ensino de Línguas Modernas e Formação de Professores”, “A Formação para Professores Chineses de Português na BFSU: Conceções e Práticas”, “As Competências do Professor de Línguas no Século XXI”, “A Formação de Professores Língua Não Materna em Portugal” e “Promovendo o Desenvolvimento de Capacidades no Âmbito dos Resultados de Aprendizagem dos Alunos”, respetivamente. Além disso, o Professor Yao Jingming, a Professora Maria José dos Reis Grosso, a Professora Ana Paula Cleto, a Doutora Zhang Jing e a Doutoranda Sun Ye (Universidade de Macau) apresentaram os resultados do projeto “Quadro de Referência do Português como Língua Estrangeira para Falantes de Língua Materna Chinesa”.

O seminário ainda contou com a presença do Dr Tsang Gwun Hung, subdiretor do Gabinete de Apoio ao Ensino Superior, da Professora Ana Paula Cleto, delegada da Fundação Oriente, do Dr. Wong Chang Chi, diretor substituto do Centro de Difusão de Línguas da DSEJ, do Professor Carlos André, Diretor do Centro Pedagógico e Científico da Língua Portuguesa do IPM, da Professora Antónia Espadinha, vice-reitora da Universidade São José e do Dr. Manuel Machado, Diretor da Escola Portuguesa.