Saltar para o conteúdo...

Formulário de procura

Close Search
Close Search

NOTA INFORMATIVA II - XXVI Encontro da AULP, Díli, Timor-Leste

Fonte: 
Gabinete de Comunicação da AULP, Timor Leste, 2016-06-30

No segundo dia do Encontro da AULP a decorrer no Centro de Convenções de Díli (CCD), cerca de 200 participantes dos vários países de língua oficial portuguesa e Macau, RAEM, apresentaram mais de 30 trabalhos, com o objetivo de debater a mobilidade académica e globalização no espaço lusófono.

A primeira sessão, deste segundo dia, foi presidida pelo Magnífico Reitor da Universidade do Porto, Professor Doutor Sebastião Feyo de Azevedo. O início dos trabalhos do Tema II "Ciências: Difusão e Desenvolvimento(s) em Língua Portuguesa" teve início logo pela manhã. O Magnífico Reitor da Universidade Zambeze, Professor Doutor Nobre Roque Santos, foi o primeiro orador e aproveitou a ocasião para apresentar o seu livro "Estruturadores do Discurso na aula de Português em Moçambique", oferecendo exemplares à biblioteca da UNTL.

A Professora Maria Ângela Carrascalão, da Universidade Nacional Timor Lorosa'e, deu a conhecer algumas das dificuldades no ensino superior sentidas pelos alunos de direito da UNTL, salientando a importância do português no ensino em Timor-Leste.

Já a professora Anabela Barros, da Universidade do Minho, falou sobre o multilinguismo e paisagem linguística de Timor-Leste, português, tétum, inglês e indonésio, bem como as diferenças entre o português europeu e o português de Timor.

A Professora Rita Candima, do Instituto Politécnico de Leiria, apresentou a plataforma UP2U onde os estudantes podem inscrever-se em cursos online gratuito facilitando e promovendo o ensino superior em língua portuguesa. Em 2 anos registaram inscrições em mais de 80 países, revelando ser uma boa ferramentas para utilizar em qualquer parte do mundo.

O tema III "Rotas de Signos: Sentidos, Migrações e Interculturalidade" foi presidido pelo Magnífico Reitor da Unilurio, Professor Doutor Francisco Noa. Nos vários trabalhos apresentados, existiu maioritariamente a discussão dos signos portugueses em Timor.

No tema IV "Paisagens, Natureza e Cultura", o Professor Doutor Samuel Freitas, da Universidade Nacional Timor Lorosa'e, foi o presidente da sessão. O turismo em Cabo Verde, Alentejo (Portugal), e análise do trabalho do poeta Ruy Cinatty, foram os temas trabalhados.

Após uma pausa para o almoço oferecido pela UNTL, deu-se início aos trabalhos do tema V "Outros Desafios das Instituições de Ensino Superior da AULP", em que o Vice-Reitor da Universidade de Coimbra, o Professor Doutor Joaquim Ramos de Carvalho, foi o presidente da sessão.

Os assuntos em debate foram diversos. Entre as várias comunicações do período da tarde foi apresentado o projeto UTI-África, pelo Professor Doutor João Sàágua, vice-reitor da Universidade Nova de Lisboa. Já o Professor Sergio Fonseca contribuiu para a sessão com uma problematização dos desafios do ensino superior privado e da educação multicultural.

Olhando para a rede de enfermagem de saúde da mulher nos países de língua portuguesa, teve-se o contributo da Professora Doutora Maria Leitão, da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, que desafiou todos os membros institucionais da AULP a juntarem-se para contribuírem para o desenvolvimento desta rede.

Com o decorrer dos trabalhos ficou patente a qualidade dos mesmos e a sua relevância para aproximar as várias instituições na resolução dos desafios do ensino superior nos países de língua portuguesa.

Terminada a conferência, a UNTL surpreendeu os participantes no jantar de encerramento, junto ao palco do Centro de Convenções de Díli. Um espetáculo foi montado e vários grupos de música e dança local timorense, animaram a noite.

O Magnífico Reitor da UNTL, Professor Doutor Francisco Martins, proferiu umas palavras de apreço a todos os presentes, revelando estar feliz com o sucesso do Encontro. Já o Professor Doutor Rui Martins, Presidente da AULP em representação da Universidade de Macau, agradeceu a fantástica receção do povo timorense, e toda a organização que fizeram do XXVI Encontro uma conferência memorável e um das melhores da AULP.

Das várias celebrações durante a noite, destaca-se as últimas músicas que encerraram o jantar. Foram chamados ao palco o atual Reitor e os ex-Reitores da UNTL, bem como o Professor Doutor Vicente Paulino, responsável pela Comissão Organizadora da universidade, que cantaram. Os participantes do Encontro foram desafiados a dançarem e, por último, a construírem um círculo em frente ao palco, de mãos dadas, onde mais de 150 dirigentes, reitores, presidentes, professores, investigadores, alunos e membros da organização, mostraram a força do lema da AULP - ex unitate vis (a força está na nossa união).

Terminado o segundo dia do XXVI Encontro, no ano em que a AULP completa os 30 anos de atividade associativa, o balanço é positivo e superou as expectativas.