Saltar para o conteúdo...

Formulário de procura

Close Search
Close Search

II Reunião da Comissão Temática dos Assuntos Culturais da CPLP

II Reunião da Comissão Temática dos Assuntos Culturais da CPLP
Fonte: 
Gabinete de Comunicação da AULP, Portugal, 2016-03-11

A Comissão Temática dos Assuntos Culturais da CPLP, presidida pelo seu Coordenador, Professor Doutor José Luís Dória, do Instituto de Higiene e Medicina Tropical reuniu no dia 4 de fevereiro de 2016 na sede da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Em maio de 2015 as comissões foram convidadas para as celebrações do dia da língua em Cabo Verde e no mês seguinte receberam um convite para o XXV Encontro da AULP a decorrer no mesmo país. Na opinião do Professor José Luís Dória estes dois eventos deveriam ter decorrido em simultâneo dado que financeiramente era incomportável para as comissões estarem presentes em ambos os eventos.

A Dra. Sandra Moura, em representação da Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP), transmitiu que a Secretária Geral da AULP, Professora Cristina Montalvão Sarmento havia sugerido, em reuniões anteriores, que se juntassem os dois eventos dado que decorreriam no mesmo país. Foi inclusive endereçado um convite para que a Comissão Temática de Promoção e Difusão da Língua Portuguesa, a Comissão Temática de Assuntos Culturais e a Comissão Temática de Educação, Ensino Superior, Ciência e Tecnologia, elaborassem uma mesa redonda conjunta no encontro da AULP em Cabo Verde, proposta que a AULP renovou para o XXVI Encontro.

A Dra Vera Viera, Chefe da Divisão de Projectos Culturais, Desportivos e Eventos Recreativos da CPLP, informou que na última reunião do Conselho de Ministros da CPLP o Japão foi aceite como Observador Consultivo da CPLP e estava disponível para integrar os projetos dos Observadores Consultivos e das Comissões Temáticas da CPLP. Convidou igualmente todos os presentes a apresentarem candidaturas ao Prémio José Aparecido de Oliveira, cujo prazo decorre até ao 11 de março de 2016. Este Prémio é atribuído a personalidades ou instituições cujo contributo, no âmbito da materialização dos princípios, valores e objetivos da CPLP, seja considerado relevante. São igualmente elegíveis autores de estudos e trabalhos de investigação que se inscrevam no âmbito dos referidos critérios. O Prémio consiste na atribuição de um diploma de mérito e de uma prestação pecuniária no montante de 30.000,00€.

A Fundação Mário Soares apresentou aos presentes a iniciativa de instalação do Memorial da Escravatura e do Tráfico Negreiro em Cacheu, promovida pela ONGD guineense AD Ação para o Desenvolvimento, que conta com o apoio da Fundação Mário Soares nas suas vertentes museológica e documental, contando com a intervenção dos Arq. Ermano e João Carrasco, bem como com o Eng.º Tiago Serralheiro. O objetivo é a criação de um espaço museológico com o envolvimento de toda a comunidade guineense. Propõem-se ações de formação, venda de artesanato de forma a envolver a comunidade a gerir o espaço com recursos próprios.

A Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura, Recreio e Desporto mostrou o projeto “Jogos Tradicionais na CPLP” que pretende efetuar o levantamento bibliográfico dos jogos tradicionais na CPLP, a pesquisa de trabalhos académicos sobre este tema e a organização de um Seminário no 1º trimestre de 2017. Este projeto teve início em 2003 e pretende-se fazer um balanço no próximo ano.

A Garden Films, submeteu à apreciação dos presentes o seu projeto de criação de uma série documental sobre as Relações de Portugal com o Continente Africano, com o título provisório História Nossa. Sinopse: Imagens e sons da época colonial em África são a premissa para o Professor Fernando Rosas traçar a história do império português, entre o final do século XIX até às libertações, levando-o a investigar no terreno as diferentes dinâmicas e conflitos deste período. História Nossa é uma série com uma visão integrada e transversal sobre a relação de Portugal com o continente africano, como nunca foi contada. Episódios: A estrutura da série organiza-se com vários episódios que terão lugar em todos os PALOP e outros episódios que se centram em acontecimentos de cada um destes países. O projeto encontra-se em fase de investigação até ao terceiro trimestre de 2016 e estima-se que as filmagens terão início no Outono de 2016. A emissão televisiva prevê-se que se inicie em 2017.

O Professor José Luis Dória perguntou à Dra Sandra Moura, se a associação poderia colaborar de alguma forma com estes dois projetos. A Dra Sandra Moura respondeu que a AULP poderia auxiliar a Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura, Recreio e Desporto na consulta aos seus membros sobre trabalhos académicos sobre o tema “Jogos Tradicionais na CPLP” e a Garden Films na cedência de alguns contatos no sentido de disponibilizar informação que pudessem necessitar sobre qualquer um dos temas propostos para a elaboração do documentário.

O Instituto de Higiene e Medicina Tropical (IHMT) em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz estão a preparar um curso online sobre preservação do património nos espaços da língua portuguesa.

Terá início no dia 15 de fevereiro e poder ser acedido em qualquer país bastando apenas o acesso a um computador e a internet. O Observatório da Língua Portuguesa (OLP) informou os presentes que está a organizar um seminário, no Museu da Cidade, sob o tema Português, Língua de várias Culturas. A Dra.
Maria Angélica Ribeiro apelou à presença de todos os membros da comissão.