Saltar para o conteúdo...

Formulário de procura

Close Search
Close Search

Atas do XXIII Encontro da AULP - Brasil (2013)

Cooperação e Desenvolvimento nos Países de Língua Portuguesa – o Papel das Universidades

Esta publicação reúne as comunicações apresentadas durante o XXIII Encontro da AULP, subordinado à temática - "Cooperação e Desenvolvimento nos Países de Língua Portuguesa – o Papel das Universidades", realizado em Belo Horizonte, Minas Gerais (Brasil) em 2013.

"Regressamos ao Brasil e à cidade de Belo Horizonte, berço de heróis como Tiradentes, Luís Gonzaga e outros membros da Confidência Mineira, que espalharam por
esta terra, pelo Brasil e por alguns dos da CPLP a sua bravura, valentia e determinação. Belo Horizonte não é, então, somente mais uma cidade ou a capital de um Estado. Belo Horizonte é o berço de todas as lutas de libertação e afirmação de vários povos e países.

Realizamos esta XXIII reunião anual da AULP, num contexto de profundas e rápidas alterações dos cenários políticos e económicos regionais e globais. Se por um lado se
abriram novas e promissoras perspectivas de prosperidade, crescimento económico, democracia e paz, por outro, continuamos a enfrentar grandes desafios e ameaças. Por esta razão nos reunimos em torno do tema cooperação e desenvolvimento e o papel do ensino superior na CPLP. Nesta perspectiva, estamos conscientes do papel que os governos, sociedade civil, diferentes organizações e naturalmente as instituições de ensino superior podem e devem desempenhar para minimizar os riscos e as ameaças. As IES, em particular as universidades,  tem o poder e o dever de induzir a melhoria das condições de vida dos povos, dos nossos países e continentes.

Pode parecer repetitivo, porém, vivemos num mundo marcado por avanços científicos e tecnológicos. Estes são tempos de mudança que ampliam a integração, encurtam
distâncias e aproximam povos e culturas. Ainda assim, testemunhamos a exclusão social, desigualdades de vária ordem, marginalização e tendências menos ou antidemocráticas. Agora que a crise se generaliza parece evidente que recai sobre as IES a responsabilidade de alterar e engendrar um novo cenário e ordem. Nesta era de conhecimento e progresso material deveremos repensar sobre como estender os frutos a milhões de pessoas excluídas e fazer com que elas participem com os mesmos direitos em todos os processos. Devemos forçar novas agendas de desenvolvimento, mais compatíveis com a promoção dos direitos humanos e a sustentabilidade dos recursos e ambiental. Portanto, depende das IES propiciar a ordem, prosperidade, segurança social e sobretudo uma cooperação baseada no respeito e progresso.
"

 

Professor Doutor Jorge Ferrão

Presidente da AULP e Reitor da Universidade Lúrio

Disponibilidade: 
Disponível
Preço: 
10,00€