Saltar para o conteúdo...

Formulário de procura

Close Search
Close Search

Novo portal condensa informação de acesso ao ensino superior

Fonte: 
Gabinete de Comunicação, 2014-05-02

Ingressar no Ensino Superior pode revelar-se uma tarefa difícil. A Uniarea, que está disponível desde 27 de janeiro, tem como objetivo principal ajudar os alunos a escolher um curso ou um estabelecimento de ensino.

Uniarea foto copyMais do que um espaço de recolha de informação, a Uniarea é um local de partilha de opiniões, uma rede social. "Os alunos não querem saber da informação dada pelas faculdades. Eles querem saber como são os professores, se o curso é exigente ou quais as diferenças entre as universidades", explicou Davis Gouveia, fundador na Uniarea. "Assim como hoje em dia procuramos na Internet comentários das pessoas em relação a um restaurante, há a necessidade de um portal onde o candidato pode contactar com alunos ou antigos alunos da instituição de ensino superior que pretende candidatar-se. São pessoas que dão uma opinião mais sincera", explica.

Atualmente, a Direção Geral do Ensino Superior (DGES) faz uma listagem das licenciaturas e mestrados integrados existentes em Portugal, não mostrando responder às necessidades dos estudantes, como apurou Davis Gouveia. Para reunir informação acerca de mestrados, os candidatos terão de visitar as páginas das faculdades, uma a uma, para pesquisar as várias ofertas. A Uniarea pretende ser a primeira plataforma com essa informação num só espaço e até irá disponibilizar testes psicotécnicos que poderão ser feitos online.

Desmistificar o acesso ao Ensino Superior, expondo a informação de uma forma simples e apelativa, é outro dos objetivos. Davis acredita que é muito difícil a DGES dar resposta aos milhares de estudantes que contactam para esclarecer dúvidas. Com o encerramento do "Exames.org" que deixou de existir no final do ano passado, sendo a associação dissolvida no final de janeiro deste ano, este novo portal vem preencher o vazio sentido com o fim dessa plataforma.

Este ano a Uniarea está focada na recolha das ofertas do ensino superior português, tendo como prioridade agregar informação relativamente a todas as licenciaturas em Portugal. No entanto, Davis Gouveia revelou à AULP que a Uniarea pretende ir além fronteiras e agregar a oferta do ensino superior não só de Portugal, mas também de outros países como os da CPLP e Macau. "Há muitos estudantes da CPLP interessados em estudar em Portugal", afirma.

Davis Gouveia nasceu na Venezuela, mas veio para a Madeira aos 8 anos, onde viveu até ingressar no Ensino Superior. Quando estava no secundário queria escolher artes, pois queria seguir arquitetura. No entanto, a escola não abriu o curso de artes e Davis foi obrigado a escolher economia para fugir à Biologia. Mas quando chega a altura de ingressar no Ensino Superior, tomou como guia "Exames.org" e acabou por escolher Engenharia Aeroespacial. Estas indecisões no seu percurso escolar serviram de inspiração para construir este portal de forma a ajudar os estudantes a fazer uma escolha mais informada.

O Instituto Superior Técnico foi importante para a reunião de competências que permitiram fermentar o "bichinho do empreendorismo" em Davis Gouveia. Segundo o fundador, ajudou a melhorar a capacidade em resolver problemas e permitiu desenvolver outras atividades paralelas quando esteve no Técnico: como é o caso da JUNITEC, a júnior Empresa portuguesa fundada em 1990. Muitos alunos que passaram por este núcleo acabaram por montar as suas próprias empresas. "Eu acredito que qualquer pessoa pode ser empreendedora", afirma.

A Uniarea está a participar em vários concursos de empreendorismo, mas apesar de já ter passado várias fases, aguarda os resultados finais. Visite a Uniarea aqui.

Artigo de Pandora Guimarães

Gabinete de Comunicação da AULP