Saltar para o conteúdo...

Formulário de procura

Close Search
Close Search

Segunda língua oficial portuguesa: língua mirandesa

mirandes"O quê? Existe uma segunda língua oficial portuguesa? E chama-se língua mirandesa? Só tinha ouvido falar dos bifes!"

Pois é. Existe mesmo. E nem é difícil de falar! Basta incorporar um visiense, um transmontano, um alentejano (sim, sotaque transmontano e alentejano ao mesmo tempo!), e castelhano, nasalar a voz e está feito! Ou pelo menos foi o que nos pareceu quando tentámos começar a ler mirandês.

Experimente ler este pequeno texto e diga-nos o que lhe parece:

"La Lhéngua Mirandesa, doce cumo ua meligrana, guapa i capechana, nun yê de onte, detrasdonte ou trasdontonte mas cunta cun uito séclos de eijistência. (...) Hoije recebiu bida nuôba. Saliu de l absedo i de l cenceinhoan que bibiu tantos anhos. Deixou de s'acrucar, znudou-se de la bargonha, ampimponou-se para, assi, poder bolar, strebolar i çcampar l probenir. (...) Lhibre, cumo l reoxenhor i la chelubrina, yá puôde cantar, yá se puôde afirmar. A la par de l Pertués, a partir de hoije, yê lhuç de Miranda, lhuç de Pertual."

Para uma incorporação profissional aconselhamos-vos a falar com uma médium - ou com um médium, não discriminamos géneros!

É mesmo uma misturada, mas ainda assim a línguan é falada no concelho de Miranda do Douro e em três aldeias do concelho de Vimioso, contando com cerca de 15 mil falantes. Tem três subdialetos (sim, como se já não fosse complicado o suficiente falar mirandês): central ou normal (normal... Ah! Boa piada!), setentrional ou raiano e meridional ou sendinês. Até parece "O Senhor dos Anéis".

A língua mirandesa continua a passar de pais para filhos (como as histórias do relógio de bolso do tetravô, que já não funciona mas continua a passar de geração em geração), e em 1882 começou a ser estudada e a ser posta no papel por José Leite de Vasconcelos. Para quem fala este dialeto, este tem um valor inestimável e acaba por ser uma caraterística daquela comunidade, algo que os distingue, que os envaidece e que devia envaidecer todo o Portugal.

O mirandês é atualmente estudado por centros de investigação portugueses como o Centro de Linguística da Universidade de Lisboa e pela Universidade de Coimbra.

A convenção ortográfica foi estabelecida em 2008 com vista a facilitar a aprendizagem e a difusão desta língua que desde então se consagrou como segunda língua oficial portuguesa.

Há mirandês no Photoblog, na Biquipédia e um bom site para os mais curiosos (ou para os mais corajosos). Aceda aqui ao site.

Se está mais numa de aprender enquanto 'brinca', temos boas notícias para si! Há dois livros do Asterix em mirandês. Fãs do Asterix, aventurem-se!